Noroeste
Tuca Guimarães, alegando problema familiar, deixa o Noroeste
11/02/2018

Tuca Guimarães, à esquerda, entregou o cargo ao vice-presidente Reinaldo Mandaliti. Marcelo Santos, á direita, assume. (Bruno Freitas/ECN).



Tuca Guimarães, 44 anos, entregou o cargo de técnico do Noroeste, após empate, sem gol, contra o Rio Branco, domingo de manhã, em Santa Bárbara D´Oeste, pela 8ª rodada do Campeonato Paulista Série A3.

 

O vice-presidente de Esportes do clube, Reinaldo Mandaliti disse ao Futebol Bauru que “lamentamos pela saída. As portas do Noroeste estão abertas ao Tuca Guimarães que é profissional competente e pessoa proba”.

 

O motivo da saída seria a doença da sogra do treinador, segundo Mandaliti que confirmou o ex-jogador Marcelo Santos, agora permanente na Comissão Técnica, como treinador interino.

 

“O Marcelo Santos vai comandar o time quarta-feira em São Bernardo do Campo. Vamos trazer novo treinador. A partir de hoje (domingo) já estamos trabalhando, fazendo contatos”.

 

Reinaldo Mandaliti antecipou ao site que o nome do técnico Vitor Hugo que livrou o Noroeste do rebaixamento em 2017, “não está na pauta neste momento. Fora de cogitação”.

 

Tuca Guimarães que levou o Nacional ao acesso à Série A2, em 2017, chegou ao Noroeste em 22 de agosto do ano passado.

 

Em 10 jogos, soma cinco vitórias, três empates, duas derrotas e 56,6% de aproveitamento. Dos 10 jogos, oito no Paulista Série A3 e dois na Copa Paulista do ano passado.

 

Clique aqui e saiba a Campanha do Noroeste no Paulista A3

  

Clique aqui e saiba o Elenco do Noroeste

 

Clique aqui e saiba mais Notícias do Noroeste

 

Erlinton Goulart, Futebol Bauru

www.futebolbauru.com.br

11/02/2018


Voltar