Mais Esportes
Presidente do COB rejeita assumir CO
06/12/2017


O presidente do COB - Comitê Olímpico do Brasil, Paulo Wanderley, enviou carta ao Comitê Organizador Rio-2016 em que se recusa assumir o comando da entidade.

 

A comunicação oficial ocorre no momento em que o rombo financeiro do órgão se amplia. De acordo com a última auditoria, a dívida do CO com fornecedores e funcionários chegou a R$ 218 milhões de reais e pode aumentar.

 

A rejeição de Wanderley vai prolongar a penúria em relação ao comando do Rio-2016. Pelo Estatuto do Comitê Organizador, seu presidente deve ser o chefe ou o vice-presidente do Comitê Nacional.

 

Antes, vice do COB, Wanderley assumiu a presidência em razão da renúncia de Carlos Arthur Nuzman, em outubro passado.

 

Nuzman foi preso e posteriormente liberado pela Polícia Federal, suspeito de atuar como “ponte” em esquema de compra de votos para eleger o Rio sede dos Jogos em 2016.

 

Redação Futebol Bauru

www.futebolbauru.com.br

06/12/2017


Voltar
adilsonbuffet.