Noroeste
Noroeste escapou da degola, mas ainda não pagou funcionários
25/04/2017

Time se prepara para disputar o Campeonato Paulista Sub-20, 1ª Divisão. Estreia dia 6 de maio em Penápolis. (Futebol Bauru 25/04/2017)


O Noroeste, salvo da degola à Segunda Divisão na última rodada do Campeonato Paulista Série A3, ainda não pagou funcionários, comissão técnica e contas vencidas.

 

O Futebol Bauru apurou que o clube, presidido pelo advogado Estevan Nogueira Pegoraro, 35 anos, ainda não efetuou o salário de março, vencido em 7 de abril. A folha, entre funcionários e comissão técnica, é de aproximadamente R$ 36 mil reais.

 

O clube também não estaria recolhendo há quatro meses o INSS dos funcionários e o FGTS - Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

 

Mandato tampão

O Noroeste, que Pegoraro assumiu em mandato tampão, em 15 de julho de 2016, devido à renúncia do então presidente Emílio Brumati e do vice Rafael Magalhães Padilha (com mandato até outubro de 2017) igualmente não está pagando o IPTU - Imposto Predial e Territorial Urbano, junto à Prefeitura de Bauru.

 

Para alugar, a partir de setembro passado por R$ 28.900,00 mensais, o ginásio Panela de Pressão à Prefeitura, através da Semel - Secretaria Municipal de Esportes e Lazer homologou-se parcelamento da dívida do IPTU. O clube estaria devendo mais de R$ 30 mil reais.

 

Não se sabe se o parcelamento da dívida com a Receita Federal via Profut - Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro está sendo honrada.

 

Risco de escuridão

As parcelas, em acordo com a Justiça do Trabalho, para quitar ações trabalhistas de ex-jogadores e ex-funcionários parece estar em dia.

 

O clube teria R$ 9 mil reais bloqueados e espera pela liberação para aliviar seus débitos.

 

A energia do complexo “Alfredo de Castilho” poderá ser desligada a qualquer momento pela CPFL Energia. Duas contas de R$ 6 mil reais, aproximadamente, ainda não foram quitadas.

 

Em dia

Funcionários confirmaram, hoje à tarde, a reportagem do site, atraso do pagamento do salário de março.

 

O gerente administrativo Paulo Godoy inicialmente disse que “as contas estão em dia”, depois admitiu “atraso de alguns dias”.

 

Em 16 de abril, em Monte Azul Paulista, ao empatar em dois gols com o Monte Azul, o Noroeste se manteve na Série A3 devido ao empate, em um gol, entre Flamengo e Comercial, em Guarulhos.

 

Noroeste e Comercial, de Ribeirão Preto, somaram 25 pontos, mas no número de vitórias, o Noroeste, com uma mais, 7 a 6, se salvou do rebaixamento ao Campeonato Paulista Segunda Divisão, a quarta e última do futebol profissional do Estado de São Paulo.

 

Clique aqui e saiba a Campanha do Noroeste no Paulista A3

 

Clique aqui e saiba o Elenco do Noroeste

 

Clique aqui e saiba mais Notícias do Noroeste

 

Erlinton Goulart, Futebol Bauru

www.futebolbauru.com.br

25/04/2017


Voltar
sabonetenips lavacarsla

ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI