Liga Bauruense
Lateral do Vila Dutra segue internado sem movimento nas pernas
29/08/2017

Hisleider Campos está internado no Hospital de Base, aguardando resultado de exame. (Foto Pessoal 29/08/2017)

Lão, diretor do Vila Dutra, aponta o local onde Hisleider caiu e bateu as costas em cano sobressalente (detalhe) e mureta de concreto. (Futebol Bauru 29/08/2017)

Lão, diretor do Vila Dutra, aponta o local onde Hisleider caiu e bateu as costas em cano sobressalente (detalhe) e mureta de concreto. (Futebol Bauru 29/08/2017)


Hisleider Orson Campos, 29 anos, lateral-direito do Vila Dutra que disputa o Campeonato 2ª Divisão, organizado pela LBFA - Liga Bauruense de Futebol Amador segue, desde sábado à noite, internado no HBB - Hospital de Base de Bauru aguardando resultado de exame de ressonância magnética.

 

O exame de imagem mostrará com exatidão a extensão da lesão na coluna do jogador e se necessidade de procedimento cirúrgico.

 

Hisleider Campos em mensagem através do WhatsApp ao Futebol Bauru, terça-feira à tarde, disse que “ainda não consigo movimentar as pernas, apenas parcialmente os dedos dos pés”.

 

Cano e mureta

Hisleider se contundiu em disputa de bola, sábado à tarde, no Estádio “José Spetic Filho”, na Vila Dutra, na derrota de seu time para o Nicéia por 2 a 0.

 

O jogador que também já defendeu Ressaca, Leão XIII e Grêmio Ferraz bateu com as costas em cano à mostra e na mureta de concreto, onde deveria ficar a bandeira de escanteio do campo.

 

O lance aconteceu no primeiro minuto do jogo. “Para evitar escanteio, o Hisleider chocou-se com atacante do Nicéia e caiu de costas batendo forte contra o pedaço de cano enterrado e na mureta de concreto”, explicou Valter da Silva Reis, o Lão, 41 anos, diretor do Vila Dutra EC.

 

Seguiu jogando

Ainda de acordo com Lão, o árbitro Mílton Porto “parou o jogo para o atendimento do Hisleider que recuperado insistiu em continuar jogando até aos 35 minutos quando pediu para ser substituído”.

 

Na noite do sábado, relata Lão, “o Hisleider passou a sentir dor forte, sendo então encaminhado ao hospital pelo Samu”, disse o dirigente.

 

Nos Distritais

O site publicou várias vezes fotos das linhas demarcatórias das laterais feitas de concreto, ao invés de tinta látex ou cal.

 

O meio-fio em concreto existe nos Estádios Distritais “Horácio Alves Cunha”, no Jardim Bela Vista e no “Sílvio de Magalhães Padilha”, na Vila Giunta, construídos na década de 1970.

 

Na Vila Dutra a fiada de concreto está erguida a 40 centímetros das linhas demarcatórias, em cal, das laterais do campo.

 

Vai retirar

O secretário de Esportes, Luiz Francisco Faustini, o Garrincha, que assumiu em janeiro passado, garantiu ao site que já está em contato com a Secretaria de Obras para retirar “essas linhas de concreto”.

 

Garrincha afirmou que pretende ao final dos campeonatos, em dezembro, fechar os estádios para “melhorias e reformas”.

 

Erlinton Goulart, Futebol Bauru

www.futebolbauru.com.br

30/08/2017


Voltar

ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI