Mais Esportes
Justiça pede prisão de jogador
05/12/2017


A justiça argentina pediu à Interpol, a Polícia Internacional, a prisão do jogador argentino nacionalizado paraguaio Jonathan Fabbro, que defende o Lobos, do México, por abuso sexual de sua afilhada de 11 anos entre 2012 e 2016, informou o advogado da acusação.

 

“Foi enviada uma ordem de captura internacional. A menina neste momento está contida e com acompanhamento terapêutico. Ela sofreu um trauma”, declarou o advogado Gastón Marano à emissora C5N.

 

Fabrro, que namora a modelo paraguaia Larissa Riquelme, nasceu na Argentina há 35 anos e se nacionalizou paraguaio, jogando pela seleção do novo país. Na Argentina, jogou no Boca Juniors e no River Plate.

 

Redação Futebol Bauru

www.futebolbauru.com.br

05/12/2017


Voltar
adilsonbuffet.