Mais Esportes
Corinthians não pagou, disse empresário
28/11/2017



Indignado com a postura da Diretoria do Corinthians nas negociações com o zagueiro Pablo, o empresário do jogador, Fernando César desabafou.

 

Em entrevista ao canal Fox Sports, Fernando disparou contra os dirigentes e afirmou que seus únicos pedidos foram de garantias para que os valores acertados fossem pagos ao longo do novo contrato, que seria de quatro anos. E que ele e Pablo aceitaram a última proposta oferecida pelo Corinthians.

 

“Foi a proposta deles que nós aceitamos. A verdade tem de ser dita. O jogador, por meu intermédio, pediu 40% do valor das luvas na assinatura do contrato, e o resto das luvas dividido em parcelas trimestrais ou quadrimestrais colocadas na carteira de trabalho. Apenas como garantia, e o Corinthians não concordou”, lamentou Fernando.

 

As garantias, de acordo com o empresário, foram pedidas porque havia o temor de o Corinthians não cumprir com seus compromissos.

 

“Não houve atraso de salário, o Corinthians pagou regularmente o salário de todos os jogadores, mas não pagaram luvas, comissões, prêmios, bichos para ninguém o ano inteiro. O meu pedido foi porque nenhum jogador ou empresário recebeu luvas ou comissões”, explicou o agente de Pablo.

 

O zagueiro de 26 anos estava emprestado pelo Bordeaux, da França, até dezembro e tinha valor dos direitos econômicos fixados em 3 milhões de euros ou R$ 11 milhões de reais.

 

 

Redação Futebol Bauru

www.futebolbauru.com.br

28/11/2017

Voltar
adilsonbuffet.