Mais Esportes
Chineses compram Milan por mais de 2 bilhões
14/04/2017


Após longa novela, o mega-empresário italiano Silvio Berlusconi, presidente do Milan, desde 1986, enfim acertou a venda do clube para grupo de investidores chineses.

 

O Rossoneri Sport Investment Lux pagou € 740 milhões de euros ou R$ 2 bilhões 500 milhões de reais, para controlar 99,93% das ações do gigante italiano.

 

A venda do Milan para investidores chineses deveria ser concretizada em março, após Silvio Berlusconi ter dado aval para a transação em agosto de 2016. Para finalizar o acordo, os chineses precisavam pagar mais € 340 milhões de euros, R$ 1 bilhão 100 milhões de reais.

 

Durante os 31 anos de gestão Berlusconi, o clube conquistou 29 títulos, incluindo cinco Ligas dos Campeões.

 

Redação Futebol Bauru

www.futebolbauru.com.br

14/04/2017


Voltar
adilsonbuffet.