Copa Semel
CF da Semel, em reunião, vai se manifestar sobre jogos suspensos
16/09/2017

O secretário de Esportes, Garrincha, à direita, e o coordenador de futebol da Semel, Ubiratan Alves da Silva irão se reunir com os clubes. (Futebol Bauru/Arquivo)


Na próxima terça-feira, às 19 horas, possivelmente em sala anexa ao gabinete, na Prefeitura de Bauru, o secretário de Esportes, Luís Francisco Faustini, o Garrincha vai se reunir com “os presidentes”, dos 20 clubes que disputam a 7ª Copa Semel de futebol.

 

De acordo com Garrincha ao Futebol Bauru “vamos apresentar aos presidentes de clubes, propostas do Ministério Público para sequencia da competição”, prestes a entrar em sua fase de quartas de final.

 

Termo de conduta

Garrincha não adiantou quais as propostas ou mesmo exigências feitas pelo Ministério Público para a continuidade da Copa Semel, mas disse que juntamente com o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) participou de “várias reuniões com promotores, preocupados com os acontecimentos de domingo passado”.

 

Na reunião, terça-feira, provavelmente por decisão do Ministério Público os presidentes de clubes deverão de assinar termo de conduta.

 

Decisões

Também no encontro a Coordenadoria de Futebol da Semel - Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, organizadora da competição, vai se manifestar sobre os jogos suspensos e possivelmente anunciar decisões, fundamentadas no Regulamento do campeonato.

 

Atendendo determinação do Ministério Público, o prefeito Clodoaldo Gazzetta comunicou o secretário de Esportes, a suspensão da 2ª rodada da 3ª fase da 7ª Copa Semel de futebol, que estava programada neste domingo de manhã.

 

Tiro e pancadaria

A suspensão da rodada solidifica-se nos fatos lamentáveis ocorridos domingo passado no Estádio “Horácio Alves Cunha”, no Jardim Bela Vista, durante o jogo Comercial, atual campeão e único invicto e 100% Gasparini.

 

No estádio, com grande público, o árbitro Ubiratan Fernando Pereira da Costa, suspendeu o jogo Comercial 1 x 1 100% Gasparini aos 18´/2º por falta de segurança.

 

Pessoa, não identificada, na arquibancada, portando revólver disparou a arma, provocando enorme confusão, com mulheres, crianças e torcedores correndo desesperadamente em direção ao portão de saída do estádio. A confusão não adentrou ao campo de jogo.

 

Ameaças e agressão

No Estádio Mirante Ferroviário, do Triagem, no Jardim Guadalajara, o jogo Beija-Flor 0 x 1 Geisel, suspenso aos 43´/1º, por falta de segurança, foi iniciado com atraso de 28 minutos pelo árbitro André Aparecido Rodrigues.

 

Segundo o árbitro ao site, diante de testemunhas, afirmou que antes de o jogo começar as 8h30, “fui ameaçado e chamado de venal pelo Butti, diretor do Geisel”.

 

Com a presença do presidente da AABR - Associação de Árbitros de Bauru e Região, Carlos Augusto Martins Francisco, o Carlão, o jogo foi iniciado.

 

Aos 25 minutos, Tiziu, do Beija-Flor e Gustavo, do Geisel, foram expulsos. Aos 42 minutos Hudson, de falta, marcou o gol do Geisel.

 

Antes mesmo de o jogo ser reiniciado, com a saída de bola, Nescau, ex-jogador e atual técnico do Beija-Flor, invadiu o campo e agrediu violentamente, com dois socos, o ala-esquerda Dê, do Geisel.

 

Clique aqui e saiba os Resultados da Copa Semel

 

Clique aqui e saiba a Tabela de Jogos da Copa Semel

 

Clique aqui e saiba a Classificação da Copa Semel

 

Clique aqui e saiba os Artilheiros da Copa Semel

 

Clique aqui e saiba o Sistema de disputa da Copa Semel

 

Clique aqui e saiba mais Notícias da Copa Semel

 

Erlinton Goulart, Futebol Bauru

www.futebolbauru.com.br

16/09/2017


Voltar

ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI