Liga Bauruense
Campo no Mary Dota ainda não foi liberado. LBFA cobra posição
29/05/2017

O zelador Paulo Sérgio lembra que é preciso cortar a grama e nivelar o campo. (Futebol Bauru 29/05/2017)

Campo seria reaberto pela Semel neste final de semana. (Futebol Bauru 29/05/2017)



O Estádio “Toninho Guerreiro”, no Núcleo Mary Dota, na região Nordeste, de Bauru, fechado desde março para plantio de grama em áreas próximas as áreas dos gols, não tem ainda condição de ser utilizado.

 

Programado pela Semel - Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, gestora das praças esportivas, para ser reaberto neste domingo com jogos da 9ª rodada do Campeonato 1ª Divisão, da LBFA - Liga Bauruense de Futebol Amador, o campo não oferece condição.

 

A reportagem do Futebol Bauru ao lado do zelador Paulo Sérgio Procópio entrou no campo, desnivelado, com incontáveis buracos, touceiras, formigueiros e sem as linhas demarcatórias.

 

Podar e nivelar

Segundo Procópio foram “usados quatro caminhões de grama para corrigir as falhas”. Ainda de acordo com o zelador agora é preciso cortar a grama alta, depois podar “com o trator”, molhar o campo e passar o rolo “para nivelar por igual”.

 

Esse trabalho e “depois a marcação das linhas do campo, leva pelo menos mais uma semana”, disse Procópio.

 

Em 24 de março clique aqui e veja a matéria a reportagem esteve no estádio, quando informou que o campo só estaria liberado a partir de junho.

 

Aguarda posição

A LBFA desde 8 de abril, impossibilitada de usar o “Toninho Guerreiro” com jogos dos campeonatos 1ª e 2ª Divisão, passou a utilizar o estádio “Zenzo Kikuti”, no Distrito de Tibiriçá, 20 km de Bauru, mas que agora está impraticável devido evento de motocicletas, semana passada.

 

O presidente da LBFA, Vicente Silvestre disse ao site que aguarda posição do secretário de Esportes, Luís Francisco Faustini, o Garrincha “para fazermos a escala dos campos”.

 

Com o fechamento do estádio no Núcleo Mary Dota, jogos dos campeonatos da LBFA e da Copa Semel vinham sendo realizados no Estádio “Prof. José Ranieri”, na Vila Ipiranga, cedido pela FIB.

 

Não se descarta realizar quatro jogos à tarde pela Segunda Divisão e mais quatro domingo à tarde e um pela 1ª Divisão domingo à tarde no “José Ranieri”.

 

Erlinton Goulart, Futebol Bauru

www.futebolbauru.com.br

29/05/2017

Voltar

ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI